top of page

Qual a função da psicopedagogia no processo de alfabetização?

Nos últimos anos a psicopedagogia tem desempenhado um papel fundamental no processo de alfabetização, caminhando lado a lado com a educação. E, mais do que uma área de estudo, a ferramenta se mostra eficaz na identificação das causas que impedem o bom desempenho e/ou desencadeiam dificuldades de aprendizagem e/ ou transtornos de apredizagem. 

Afinal, sabemos: o processo de alfabetização é complexo e cheio de etapas, que são essenciais para a construção e aquisição das habilidades de leitura e escrita. Acontece que nem todos se desenvolvem com a mesma facilidade – alguns alunos, aliás, encontram muita dificuldade para aprender a ler e escrever por diferentes motivos.

Nesse cenário, um olhar especial e, muitas vezes, individualizado, pode ser essencial para identificar as causas e os problemas. E é aí que entra em ação a psicopedagogia. 

Entenda a psicopedagogia na prática

Como o próprio nome sugere, a psicopedagogia une dois mundos distintos: pedagogia e psicologia, tendo como base a relação dos indivíduos com a aprendizagem. 

Mas, diferentemente do pedagogo, que é o profissional que está efetivamente dentro da sala de aula, ministrando aulas e contribuindo para elevar a qualidade do ensino, o psicopedagogo trabalha com os processos de aprendizagem em si e as dificuldades e limitações inerentes a eles, bem como ações preventivas.

Ou seja, auxilia os estudantes que apresentam dificuldades no processo de aprendizagem como um todo, considerando os fatores cognitivos, sociais e emocionais e decifrando a origem da dificuldade apresentada.

Na prática, a psicopedagogia consiste em um trabalho de campo, com escuta ativa, observação e cuidado com o outro. Um foco muito maior na aprendizagem significativa e no indivíduo. 

Importância da psicopedagogia para o processo de alfabetização

psicopedagogia-na-educacao-neurociência

Alfabetizar não é um ato isolado. São diversas as etapas de aprendizagem e todas têm como objetivo permitir que a criança assimile e construa o conhecimento, desenvolvendo também competências, habilidades e comportamentos que serão utilizados ao longo da vida.

Mas é comum que, ao percorrer essas fases, os estudantes enfrentem alguns conflitos cognitivos e conceituais, desencadeando situações que interferem diretamente no seu desenvolvimento. E é aí que mora o perigo, já que os problemas de desenvolvimento não limitam apenas o aprender, mas também a relação do indivíduo com o mundo exterior.

De situações relacionadas ao método de ensino a problemas de concentração ou fatores relacionados à família e ao contexto sociocultural, as dificuldades podem se apresentar de diferentes formas. E, por isso, o olhar mais individualizado e especializado da psicopedagogia é importante. 

A ferramenta tem se mostrado, inclusive, muito eficiente na identificação, abordagem e solução de conflitos, uma vez que trabalha o aluno como um todo: do processo de aprendizagem à análise da mente, passando pelos fatores sociais, emocionais e cognitivos. Isso permite entender as particularidades de cada aluno e utilizar as dificuldades como ferramenta de aprendizagem. 

Acompanhe as melhores dicas sobre aprendizagem infantil!

Facilitar o processo de aprendizagem infantil, capacitando pais e profissionais, é o objetivo da Oficina da Inteligência. Fundada pela psicopedagoga Carla Silva e pelo CEO Willian Pedrom, a iniciativa visa transformar as relações humanas e melhorar o processo de ensino, oferecendo treinamentos aos professores.

Com uma visão 360°, o site oferece também aos pais todo o conhecimento necessário para que possam participar desta jornada de conhecimento e desenvolvimento. Entre em contato!

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page